segunda-feira, 2 de março de 2015

HÁ VAGAS!



Precisa-se de crentes comprometidos com o Senhor Jesus Cristo e seu reino. Pessoas dispostas a sacrificar seu tempo e vida, que tenham muito amor pelo seu Senhor e que dediquem seus dons, talentos na execução de suas tarefas, ou seja, em diversos momentos terão que pagar para realizarem seus ministérios, seja com dinheiro ou esforço pessoal e até familiar.
Faz-se necessário que sejam pessoas cheias do Espírito Santo e que não desistam diante das incompreensões dos homens e mulheres que fazem parte da igreja, mas não têm a visão de Deus na condução da missão e, às vezes, dificultam a atuação da equipe envolvida.

Faz-se necessário também que sejam pessoas que não tenham medo de mudanças e que sejam íntegras em seu caminhar, não assumindo compromissos temporais que inviabilizem no tempo, o compromisso eterno assumido com o Senhor. Tais pessoas devem estar prontas a dizer SIM e a dizer NÃO. Sim para Deus, a nova vida e seu Reino e Não para o diabo, a carne e o mundo.

Eventualmente estas pessoas poderão ocupar cargos de liderança e de grandes responsabilidades e, aqueles que têm posto a mão no arado não podem mais olhar pra trás.

A atividade a ser exercida envolve muitos sofrimentos, mas não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós no porvir.

No exercício de suas funções terão total supervisão, pois o Espírito Santo os orientará sobre todas as coisas e os conduzirá a toda a verdade.

O Salário é excepcional, uma vez que todas as necessidades serão supridas e, mesmo que não tenha qualquer propriedade em seus nomes, tais pessoas terão cem vezes mais de casas, irmãos, mães e nada haverá que falte, pois o Senhor é o Pastor desses trabalhadores e nunca ficarão desamparados nem a sua descendência haverá de mendigar.

Além desses benefícios temporais há as recompensas eternas: Comerão da árvore da vida, não receberão dano da segunda morte, comerão do maná escondido, receberão um novo nome, receberão poder sobre as nações, serão vestidos de vestes brancas, e de maneira nenhuma terão os seus nomes riscados do livro da vida; terão seus nomes confessados por Jesus diante do Pai e diante dos seus anjos, serão estabelecidos como coluna do santuário do Altíssimo, Jesus concederá que se assente com Ele no seu trono.

Você está disposto a aceitar este desafio, com todas as suas implicações?
Se estiver há vaga pra você.

Saia da platéia que procura, vê, critica e nada faz e assuma o seu posto neste ministério cristão, levando a sério sua missão.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Valorize o Que Você Tem




"A um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade; e seguiu viagem" (Mateus 25:15).



Um violinista, bastante elogiado em seus concertos, tinha um irmão que era pedreiro.
 Certo dia, uma mulher disse extasiada ao pedreiro: "Deve ser maravilhoso ter um violinista tão famoso na família." A seguir, não querendo insultar o pedreiro, ela continuou: "Claro que nós não temos o mesmo talento, e até em uma família, alguns têm mais talentos que os outros."
 O pedreiro respondeu à mulher: "Eu sei muito bem disso!  Meu irmão violinista não entende nada sobre colocar tijolos.  Se ele não fosse capaz de conseguir dinheiro tocando seu violino, não poderia contratar um sujeito competente como eu para construir uma casa.  Se fosse necessário ele construir a casa para morar, estaria arruinado."

Se desejamos construir uma casa, não precisamos de um violinista.  Se pretendemos contratar uma orquestra, não necessitamos de um pedreiro.  Não há dois de nós exatamente iguais.  Não temos todos os mesmos dons e habilidades.  Somos responsáveis por exercitar os dons que possuímos e não aqueles que gostaríamos de possuir.  E quando temos de tomar decisões sobre nossa própria vida e sobre qual direção tomar, devemos enfocar nossas forças e não nossas fraquezas.
Precisamos conhecer a nós mesmos.  Temos de saber o que fazemos bem e nos empenhar nisso com todas as forças.  Nossa determinação e esforço realçará nossas virtudes e ocultará as nossas debilidades.

Cada um de nós tem seu próprio valor.  Não podemos medi-lo comparando-o com os demais.  Deus nos deu talentos e cabe a nós desenvolvê-los com todo amor e prazer.  Deus não deseja que façamos mais do que Ele espera de nós e nos tornamos uma grande bênção quando cumprimos a nossa parte no cenário da vontade do Senhor.

Deixamos, muitas vezes, a felicidade escapar simplesmente porque estamos empenhados em nos parecer com uma outra pessoa.  Enganamo-nos.  A verdadeira alegria e satisfação não se encontra nas conquistas de sonhos distantes e sim daqueles que estão ao nosso alcance.

Louve a Deus pelo talento que Ele lhe deu.  Use-o como se fosse o maior de todos os talentos.  E tenha certeza de que verdadeiramente é o maior.  Fazendo isso, você encontrará a plenitude da felicidade para sua vida.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Não se Contente com Menos





“Corram de tal maneira que… possam vencer.”
 (1 Coríntios 9:24)

Você já se mudou para uma casa nova e fez uma lista de todas as pequenas coisas que precisava fazer, como retocar a pintura ou plantar um jardim? É provável que seis meses depois elas ainda não tenham sido feitas e que você nem ligue mais para isso.

O conformismo faz parte da psique humana. Os filhos de Israel se acostumaram tanto a viver em cativeiro que ficaram zangados quando Moisés quis libertá-los. “Esperamos que o Senhor possa puni-lo… por fazer com que Faraó e seus oficiais nos odeiem…” (Ex 5:21). Quando você se acostuma tanto a conviver com os seus problemas que perde o desejo de vencê-los, o inimigo conseguiu levá-lo exatamente ao ponto que ele queria.

Você já se perguntou porque alguns de nós seguem em frente e experimentam maiores alturas e profundidades na nossa caminhada com Deus, enquanto outros andam em círculos ou nunca saem do ponto de partida? Isto acontece porque o primeiro grupo se comprometeu em buscar a Deus até que Sua presença se torne uma realidade em suas vidas - e Deus honrou o compromisso deles.

Paulo disse: “Corram de tal maneira que... possam vencer”. Se você ficou meio morno e perdeu o entusiasmo para continuar correndo, Deus quer renovar a sua energia e trazê-lo de volta às pistas.

A Sua Palavra diz: “Voltai para Mim… e Eu voltarei para vós” (Zacarias 1:3). Nesta passagem, Deus está nos dizendo: “Dêem a volta. Voltem, e vocês me encontrarão no lugar onde Me abandonaram”.

Não se contente com menos do que um relacionamento vivo e palpitante com o próprio Rei dos Reis, um relacionamento que inclui andar ao Seu lado e falar com Ele, pois isto é parte da sua herança.

"... Moisés gastou 40 anos pensando que era alguém, 40 anos aprendendo que não era ninguém e 40 anos descobrindo o que Deus pode fazer com um NINGUÉM..."

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Confiança Diante dos Ardis




“Não temas, crê somente” (Marcos 5:36).

Um viajante estava caminhando em uma estrada, sozinho, e foi atacado por bandidos que lhe roubaram tudo o que tinha.  Eles o levaram para dentro de uma floresta.  A escuridão da noite não permitia que se visse nada.  Em um determinado instante, eles prenderam uma corda em um galho bem alto de uma árvore e, levantando o viajante, o fizeram segurar em uma de suas pontas.  Logo a seguir, empurraram seu corpo que ficou balançando no ar de um lado para o outro.  Disseram-lhe que estava agora pendurado sobre um grande precipício.  Caso conseguisse se soltar da corda, cairia de uma grande altura e se quebraria todo nas pedras lá embaixo.

Logo a seguir o deixaram e foram embora.  Seu coração estava acelerado e sua alma em grande pavor pela situação em que se encontrava.  Ele se agarrou desesperadamente quando a corda parou de balançar.  Os terríveis momentos a seguir lhe diziam que seu destino estava traçado.  Suas forças começaram a falhar e ele não podia esperar mais nada.  Seus dedos relaxaram e, soltando a corda, ele caiu…  15 centímetros abaixo de seus pés, em terra firme.  Era apenas um ardil dos ladrões para ganhar tempo e escapar.  Ele, ao livrar-se da corda, não encontrou a morte e sim a segurança que estava bem ali, junto dele, durante todo o tempo de terror.

Talvez nunca tenhamos passado por momentos de desespero como o personagem de nossa historieta, mas, certamente, já enfrentamos situações aflitivas desnecessárias simplesmente porque não confiamos no nosso Deus.  Achamos que tudo está perdido, que não há solução para nossos problemas, que a derrota ou o fracasso já estão consumados.

Mas não é isso que nos promete o Senhor.  Ele sempre nos diz que por mais que as circunstâncias pareçam adversas, por mais que não consigamos ver uma luz no fim do túnel, por mais densa que seja a escuridão em que nos encontremos, Ele sempre estará ali, ao nosso lado, companheiro, amigo, fiel, inseparável.  A derrota é certa?  Não!  Somos mais do que vencedores.

Os ardis do mundo tentam nos aterrorizar, mas o Deus de nossa salvação nos oferece a paz e a certeza de que, logo, logo, voltará a brilhar a luz de nossas bênçãos.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Um Novo Ano De Decisões Certas



"esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim"
                                                           Filipenses 3:13

Um jovem, com 32 anos, foi designado Presidente do banco. Ele jamais poderia imaginar que seria indicado para tal cargo, muito menos com aquela idade. Ele procurou o Presidente honorário da Diretoria e disse: "Sabe, acabei de ser designado Presidente. Eu estava me perguntando se você poderia me dar algum conselho". O homem idoso lhe disse apenas duas palavras: "Decisões certas!" O jovem esperava muito mais que isso e continuou: " Seu conselho é realmente útil e eu o aprecio muito, mas, poderia ser mais específico? Como eu posso tomar decisões certas?" O velho sábio respondeu simplesmente: "Experiência". O jovem então falou: "Bem, é exatamente por isso que estou aqui. Eu não tenho o tipo de experiência de que necessito. Como eu adquiro essa experiência?" A resposta veio imediatamente: "Decisões erradas!"

O novo ano está chegando e o Senhor nos designou para ocuparmos o cargo de vitoriosos e felizes. Este é o nosso grande propósito, o nosso maior anseio. Queremos um ano melhor, queremos harmonia em nossa casa e junto aos amigos, queremos realizar nossos sonhos, queremos alcançar a tão esperada felicidade.
 E como poderemos ter tudo isso? A resposta é simples: precisamos tomar decisões certas.

E como poderemos ter certeza de que tomaremos as decisões corretas? Buscando a experiência das decisões erradas do ano anterior. O Senhor estará ao nosso lado para nos mostrar onde erramos e qual a nova decisão a tomar.
Se fomos precipitados em algum momento, buscaremos a orientação do Senhor para cada novo passo a dar.
 Se percorremos caminhos equivocados, deixaremos o Senhor nos conduzir pelos corretos.
 Se fomos negligentes e indiferentes à vontade de Deus, procuraremos colocar o Senhor Jesus em primeiro lugar.
 Se a nossa confiança esteve sempre em nós mesmos, exercitaremos a fé e reconheceremos que sem Cristo nada podemos fazer.

A experiência dos erros passados nos ajudarão a conquistar grandes vitórias e o novo ano será repleto de muita alegria e felicidade.

Jesus Cristo deve ser nosso Amigo inseparável, todos os dias. Dessa maneira, o novo ano será o melhor de toda a nossa vida.

Feliz Ano Novo para todos!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...